thumb-podcast-ep41

#041​ – Revolucione a Remuneração com o Design! – feat. Carolina Kia

Sobre a convidada:

Design e inovação estão no DNA da nossa entrevistada da semana, a Carolina Kia – ou Kia, como ela prefere ser chamada. Sua missão, como CEO da Weme é impactar negócios e pessoas para construir o futuro, de maneira sustentável, responsável e criativa! Tudo isso dá uma ideia do que é também a Weme, um estúdio que oferece soluções para resolver desafios e impulsionar empresas, por meio de projetos de corporate venture. Você não sabe o que significa tudo isso? Então, se liga! O futuro do RH, e da Remuneração, caminha nessa direção!

Assista ao episódio completo

Recomendações de Carolina Kia:

Você sonha com um RH mais tecnológico? Então comece pelo Design.

Não é recente a movimentação da área de Recursos Humanos em busca de novas tecnologias para aumentar a eficiência e a produtividade do setor. A boa notícia é que já existem hoje muitas soluções que atendem bem às expectativas: softwares que automatizam processos, digitalizam tarefas, otimizam tempo e reduzem burocracias. 

Como o Design pode resolver problemas complexos da sua empresa?

Ao contrário do que o já é bastante conhecido, o design não se limita a criar objetos elegantes ou embelezar as coisas. O design é uma disciplina poderosa capaz de transformar produtos, serviços, experiências, processos e pessoas.
 

Documentário Abstract

O RH tem, em sua essência, muito de design! Não só pela maneira de pensar suas soluções com foco na experiência do usuário (que você pode reconhecer também como colaborador ou a própria empresa), mas também na necessidade de criar soluções para problemas e desafios.  

Case Bosch:

A Weme tinha a missão de repensar como seria a área de “Recursos Humanos do futuro” na Bosch, desenvolvendo a competência do Design Thinking dentro do time de RH. 

Para trazer mais profundidade para o nosso desafio, foram à campo e entrevistaram alguns gestores que tinham acabando de assumir a posição de liderança. Dessas conversas, a virada de jogo foi perceber que a principal dor era eliminar a gestão de pessoas da lista de preocupação dos gestores. 

Cortes do Episódio: